Filmes de sucesso usam Blackmagic

Filmes de sucesso usam Blackmagic  - Pinnacle

Alguns dos longa-metragens mais bem sucedidos e esperados desta temporada empregaram em sua produção e pós-produção soluções da Blackmagic Design. As câmeras cinematográficas desenvolvidas pela empresa foram empregadas na filmagem de diferentes cenas de ação em sucessos tais como a última entrega da saga Mad Max e Vingadores: A Era de Ultron. Por outra parte, Fusion Studio foi empregado na composição digital das sequências de ação em A Espiã que Sabia de Menos e Barely Lethal, enquanto que o ajuste de cor de Tomorrowland: O mundo de amanhã e Magic Mike XXL foi feita com DaVinci Resolve.

Joe Gawler (Harbor Picture Company) realizou o ajuste de cor de Ruth e Alex, Magic Mike XXL e Ricki and the Flash com DaVinci Resolve.

O diretor de fotografia Ben Davis usou várias câmera sBlackmagic Pocket Cinema para rodar as cenas perigosas de Vingadores: A Era de Ultron, enquanto que Jeremy Nelson (Flash Film Works) se valeu das ferramentas que oferece Fusion Studio para a composição digital das imagens em A Espiã que Sabia de Menos e Barely Lethal. Andrew Balis (Different by Design) realizou o ajuste de cor de Best of Enemies com DaVinci Resolve. Por outro lado, Tom Poole (Company 3) levou a cabo o ajuste de cor de O Diário de Uma Adolescente e Love & Mercy com DaVinci Resolve.

Chad Herschberger realizou o ajuste de cor em A LEGO Brickumentary com DaVinci Resolve.

O diretor de fotografia John Seale empregou câmeras Blackmagic Cinema para várias cenas de Mad Max: Fury Road, enquanto que Alex Bickel (Color Collective) e Brandon Thomas (TBD Post) corrigiram a cor com DaVinci Resolve Manglehorn e Results, respectivamente.

O diretor de fotografia Robbie Ryan usou uma câmera Blackmagic Pocket Cinema para gravar material adicional em Slow West, enquanto que Rob Pizzey (Goldcrest Post) empregou ferramentas da DaVinci Resolve para fazer o ajuste de cor.

Acrescenta-se que Da Vinci Resolve interveio na correção e correção e ajuste de cor de Mandarinas (Luke Cahill, Different by Design), The Nightmare (Andrew Balis, Wildfire Finishing), The Overnight (Aaron Peak, Wildfire Finishing) e Tomorrowland: O Mundo de Amanhã (Stephen Nakamura, Company 3).

Fontes: www.panoramaaudiovisual.com.br